Publicado em 25/10/2021 às 15h27 |

Estudo evidencia que "estado mínimo" penaliza principalmente mulheres e meninas negras

 

Nesta segunda-feira (25), a partir das 18h30, será lançada o estudo “ Não é uma crise, é um projeto: os efeitos das  reformas do estado entre 2016 e 2021 na educação - subsídios para uma análise a partir de raça e gênero “, realizado pela  Campanha Nacional pelo Direito à Educação, com apoio da ActionAid, abordando as políticas de austeridade dos últimos cinco anos, com ênfase nos recortes estruturantes de raça e gênero, e os impactos na educação.

Este estudo integra a pesquisa de mesmo nome lançada no início de outubro, com lançamentos nacional e internacional. As organizações colaboradoras técnicas são: Coalizão Direitos Valem Mais, Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, Geledés - Instituto da Mulher Negra e Plataforma DHESCA Brasil.

Assista em:

https://www.youtube.com/watch?v=loT5AyODNeg

Tags

sem tags

Mais notícias